Estudo do Cepea mostra comportamento do consumidor de frutas e hortaliças

Baseado em pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o estudo revela que, no período, o consumo de hortaliças sofreu queda de 1,93 quilo por pessoa, enquanto o de frutas cresceu de 24,49 quilos por pessoa por ano para 28,86 quilos por pessoa por ano.

Dentre as hortaliças analisadas, (batata, cenoura, cebola e tomate), a batata é a mais consumida nos lares brasileiros em termos de quilos por pessoa. Porém, foi a hortaliça que apresentou maior queda de consumo no período de seis anos. Em 2002, o consumo domiciliar era de 6,56 kg/pessoa e, em 2008, foi de 5,60 kg/pessoa. O consumo anual de cenoura e cebola caiu apenas 200 gramas e 240 gramas por pessoa, respectivamente. Já a aquisição de tomate ficou estável nos lares brasileiros, com uma queda de apenas 8 gramas por pessoa.

Com relação ao consumo de frutas, houve um incremento de 4,38 quilos no consumo de frutas por pessoa/ano nos lares brasileiros. Em 2002, a média era de 24,49 kg/pessoa e, em 2008, passou para 28,86 kg/pessoa. Todas as regiões brasileiras tiveram aumento significativo no consumo per capita de frutas, com grande destaque novamente para a região Centro-Oeste, que apresentou elevação de 8,61 kg/pessoa/ano em seis anos.

O Nordeste ficou em segundo lugar em termos de crescimento. A região Sul já era a maior consumidora per capita de frutas e, em 2008, chegou a 5,53 kg/pessoa/ano. O Sudeste é o segundo maior consumidor de frutas no Brasil, porém o avanço no consumo per capita foi menor que nas demais regiões brasileiras, de 2,15 kg/pessoa entre 2002 e 2008.

O estudo completo do Cepea pode ser baixado aqui (arquivo PDF - 5,26 Mb).

 

MAIS INFORMAÇÕES

Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada

Telefones: (19) 3429-8836 / 3429-8837

E-mail: cepea@esalq.usp.br

 

Fonte: Agência USP de Notícias

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar